Estudo mostra que o casamento pode salvar a sua vida: será?

Tudo bem, isso até pode ser um exagero! Mas o fato é que há inúmeras pesquisas que sugerem que as pessoas casadas são mais saudáveis que as solteiras. Um dos mais recentes estudos foi feito na Inglaterra, com 25 mil pessoas e mostrou que pessoas casadas que sofreram um infarto tinham 14% a mais de chance de sobreviver, além de saírem do hospital dois dias mais cedo quando comparadas com as solteiras na mesma condição. Será que o casamento é milagroso?

Outros estudos já mostraram que os casados têm menor chance de desenvolver depressão, infarto, acidente vascular cerebral e de sobreviverem após um câncer ou uma cirurgia de grande porte.

Entretanto, para Marina Simas, o casamento nem sempre é sinônimo de uma vida mais saudável.  “Sabemos que há casamentos estressantes e infelizes e há pessoas solteiras saudáveis e de bem com a vida. Então, é preciso muito cuidado ao analisar esses estudos, pois cada casal tem sua dinâmica, seu modo próprio de funcionar”.

Qual a conexão entre o casamento e a saúde?

Com o crescente número de estudos que relacionam o casamento a uma saúde melhor, é importante entender porque os casados parecem ser mais saudáveis que os solteiros. Veja abaixo três razões levantadas pela ciência:

  • Casamento: o melhor amigo do sistema imunológico: Os estudos mostram que os relacionamentos felizes melhoram o sistema imune, que se torna mais forte em que se é casado. Além disso, o cortisol nas pessoas casadas é liberado em menor quantidade quando comparado aos solteiros. Este hormônio em altas quantidades está ligado ao estresse e enfraquece a imunidade.
  • Hábitos mais saudáveis a dois: O casamento traz consigo um melhor comportamento. Pessoas casadas assumem menos riscos, tem uma vida mais regrada do que uma pessoa solteira. Outras evidências mostram que os casados tendem a passar por consultas médicas regulares e seguir as recomendações médicas com mais frequência do que os solteiros.
  • Saúde mental: Ela também é mais saudável em pessoas casadas. A explicação é simples: há menos espaço para a solidão, isolamento social e falta de suporte, claro desde que seja um relacionamento satisfatório. Nestes, portanto, o casal fica blindado contra a depressão, ansiedade e estresse, já que um pode contar com o outro, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.

Portanto, é importante lembrar que a felicidade e a satisfação podem estar por trás de tudo. “Se o casamento traz felicidade, isso isoladamente já ajuda na saúde física e mental. A satisfação com o relacionamento, a parceria, o suporte e a amizade são essenciais para a qualidade de vida e, claro, para que a vida a dois valha à pena e traga como benefício uma melhor saúde”, diz Denise Figueiredo.

Confira em nosso blog outros assuntos que podem te ajudar!
Tem dúvidas de como lidar com esse processo? Nós, Denise Figueiredo e Marina Simas, sócias-diretoras do Instituto do Casal, podemos te ajudar!
Entre em contato pelo e-mail contato@institutodocasal.com.br  ou pelo telefone: (11) 99404-2702

Acompanhe nossas Redes Sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/institutodocasal

Facebook: https://www.facebook.com/institutodocasal

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×