“Estou cansada demais para transar”

Como a sobrecarga tem afetado a vida sexual de mulheres e impactando relacionamentos?

De antemão, com a rotina estressante, o único desejo, após horas no emprego e, depois, dando atenção aos filhos e à casa, é colocar os pés para cima e descansar. Esse é o sentimento de várias pessoas com uma rotina atarefada.

Leia também: Saiba como a terapia sexual pode ajudar a sua relação


A maneira como os casais tratam uns aos outros em momentos de estresse afeta o nível de satisfação em seus relacionamentos, de acordo com uma análise da Florida State University, nos Estados Unidos (2021).

Nesse sentido, quando a pessoa está carregando uma sobrecarga mental, ela fica em estado de alerta constante, e com isso, há uma maior produção dos hormônios do estresse e uma dificuldade de relaxar. Tais efeitos são inversamente proporcionais ao que é necessário para uma boa transa, que é justamente a sensação de segurança naquele momento e, sobretudo, de relaxamento.

E como driblar essa situação?

– Ter um sono de qualidade;

– Apostar em uma alimentação com menos açúcares e processados, pois esses alimentos impactam negativamente no desejo sexual;

– Fazer atividade física regularmente, já que a prática aumenta a produção de alguns hormônios importantes para a sexualidade;

– Revisar a rotina e a distribuição de tarefas com as pessoas da casa e também do trabalho, buscando brechas para descanso e relaxamento;

– Aposte no diálogo com o par e fale dos seus sentimentos, dúvidas e necessidades.

Em relações mais desgastadas, investir no diálogo pode ser difícil. Nesses casos, a orientação é buscar um especialista em terapia de casal para, juntos, trabalharem a situação nas sessões e entenderem como podem passar por essa fase de diminuição do desejo sexual.

Portanto, entre em contato conosco! Nós podemos ajudar a sua relação!
Siga nossas redes sociais!

Uma resposta

  1. Minha tia dizia “casou para ser coitada” e eu diria que casamento é compartilhar a vida! Marido ou esposa não é irmão ou irmã que dividem o mesmo quarto! O Isolamento Social trouxe o paradoxo de casais com dificuldade de dividir a sala da residência em home office mesmo trabalhando em empresas diferentes. Até quando os cômodos eram diferentes mas por estarem na residência, causava como “saia justa”! E no trabalho onde cada um tem que fazer valer a sua contratação, colegas tem happy hour, até se tornando amantes ou uma conversa que alguns colegas (claro separadamente tiveram comigo): Nunca percebi você namorando ou ficando com mulher e maroto concluíam será que você seria homo e poderia me satisfazer sexualmente! E de fato a gente percebe no encontro se o outro homem está com pouca vida sexual ou a chamada carência pela forma como busca maximizar o momento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×